Resenha do livro: O poderoso chefão

  Título Original: The godfather
  Nome da Autora: Mario Puzo
  Número de Páginas: 462
  Editora: Editora Record
  Nota Pessoal: 5/5

Sinopse:
A mais perfeita reconstituição da Cosa Nostra, a Máfia Americana, e do mundo alucinante criado por cinco famílias de mafiosi em guerra em Nova York. A mais influente é chefiada por Don Corleone...
Ele é o Padrinho benevolente que nada recusa aos seus "afilhados"... Ele pode, num súbito banho de sangue, conseguir qualquer coisa ou arranjar qualquer situação.
É recusado a um dos seus protegidos o papel que ele pretendia representar em um filme. Na manhã seguinte, o chefe do estúdio acorda e vê horrorizado sobre a cama a cabeça do seu mais lindo e valioso cavalo de corrida; apenas a cabeça...

    Gente, esse livro é meio doido e muuuito massa, há estórias de alguns personagens, a maioria serve para entender a importância ou a determinação do personagem em relação a tudo que está acontecendo ou que já aconteceu. Don Vito Corleone é chamado de Padrinho por todos que vão pedir um favor a ele, a maioria dos pedidos ele aceita e realiza, quase nunca pede algo em troca, somente a amizade, mas como ele é o chefe da família mais poderosa da Máfia em NY todos sabem que estão em dívida com ele.
    Ele tem 3 filhos e uma filha, Santinho que é o mais valente mas muito brutal, Freddie que é meio sem graça, Mike que é o mais astuto e fica o mais longe possível do "negócio de azeite" da família e Connie, que é meio burra porém com um coração bondoso. São uma família típica da Itália, que segue a risca todos os costumes, e por isso são tão respeitados por todos.
    O jeito como o negócio acontece e as vinganças envolvidas é o que torna o livro mais atraente. Os personagens em si já prendem a pessoa mas o mundo deles se torna mais encantador pelo perigo envolvido.
    O livro é simplesmente maravilhoso, o começo um pouco chato mas vale muito a pena lê-lo, o final não me decepcionou, e infelizmente não posso falar mais nada sobre ele, terão que ler para entender pois qualquer outro detalhe que eu dê pode se tornar spoiler.

Quote: " Homens grandes não nascem grandes, tornam-se grandes."

Compartilhe!

Comente este post!

    Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Dávila Vasconcelos. Tecnologia do Blogger.