Resenha do livro: Marley & eu


  Título Original: Marley & Me
  Nome do Autor: John Grogan
  Número de Páginas: 304
  Editora: Ediouro
  Nota Pessoal: 5/5


Sinopse:
  John e Jenny eram jovens, apaixonados e estavam começando a sua vida juntos, sem grandes preocupações, até ao momento em que levaram para casa Marley, "um bola de pelo amarelo em forma de cachorro", que, rapidamente, se transformou num labrador enorme e encorpado de 43 quilos. 
  Era um cão como não havia outro nas redondezas: arrombava portas, esgadanhava paredes, babava nas visitas, comia roupa do varal alheio e abocanhava tudo a que pudesse. De nada lhe valeram os tranquilizantes receitados pelo veterinário, nem a "escola de boas maneiras", de onde, aliás, foi expulso. Mas, acima de tudo, Marley tinha um coração puro e a sua lealdade era incondicional. Imperdível.


    John e Jenny eram jovens e estavam começando a sua vida juntos e viviam em uma charmosa casa na Flórida, mas sua esposa não sabia se seria uma boa mãe pois tinha matado uma planta depois de irrigá-la muito. Juntos decidem testar suas habilidades como pais, adotando um cachorro.
   Tudo mudou no momento em que levaram Marley para casa, decididos que ele era o cachorro certo. Mas o que eles não sabiam era que Marley não era um cachorro qualquer, ele era um cão como não havia outro por ali, quebrava portas,  arranhava as paredes, pegava a roupa do varal dos vizinhos e pegava tudo que estava a sua alcance.
  Nada que o veterinário passava servia para lhe acalmar , nem a "escola de boas maneiras", de onde foi expulso. Até que Jenny engravida e junto com os filhos vem as responsabilidades. Até que um triste final acontece.
  Esse livro conta uma história que faz  qualquer pessoa se emocionar e também  tem a confirmação de que o cão é o melhor amigo do homem. Uma história muito envolvente entre homem e animal, a forma em que tudo que o cachorro faz e o homem compreende é emocionante.


Quote: "Marley me fez pensar na brevidade da vida, em suas alegrias efêmeras e nas chances perdidas. Ele me lembrou de que cada um de nós tem apenas uma chance de conquistar a medalha de ouro, sem replay." (pág. 254)


Resenha enviada pela leitora Amanda Ariele Carvalho, referente a dinâmica do Bingo Literário proposta pelo Blog Parceiro  Leitores Insanos. Categoria: livro com animal

Compartilhe!

Comente este post!

    Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Dávila Vasconcelos. Tecnologia do Blogger.