Resenha do livro: Duplo Dexter


  Título Original: Double Dexter
  Nome do Autor: Jeff Lindsay
  Número de Páginas: 400
  Editora: Planeta
  Nota Pessoal: 5/5

Sinopse:
Dexter Morgan não é um serial killer comum. Antes de mais nada, ele poderia ser descrito como um cidadão tranquilo, pacato, que adora seu emprego de analista de borrifos de sangue na polícia de Miami. Casado, padrasto de duas crianças e pai de Lily Anne, Dexter está sempre tentando fazer malabarismos para manter sua vida comum sem arriscar sua maior (e única) paixão: assassinar outros criminosos, aqueles que os meios legais nem sempre conseguem pegar.
Em mais uma história alucinante e cheia de humor ácido, o serial killer mais amado do mundo precisa resolver um caso de policiais que aparecem mortos em plena luz do dia. A história parece insolúvel e Dexter fica cada dia mais tenso, pois percebe que entre suas duas vidas ele está sendo misteriosamente... observado. Com seu estilo de vida ameaçado, ele precisa encontrar não só o assassino da vez, mas tentar não ser encontrado.
Cheio de suspense e humor negro, Duplo Dexter vem mostrar que Jeff Lindsay melhora a cada livro.

   No penúltimo livro da série há uma reviravolta. Mais alguém descobre o hobby de Dexter de um jeito inconveniente e isso pode atrapalhar bastante a vida de dele.
   Em casa tudo está piorando, Rita pensa que suas saídas noturnas é por causa de uma amante, porém ele só quer encontrar seu ameaçador. E o trabalho também não anda fácil, há uma onda de assassinatos policiais o que deixa todos mais tensos no trabalho. O fato de estar sendo observado não ajuda muito quando Dexter tenta ajudar a sua irmã a resolver o novo caso.
  Estou um pouco ansiosa para saber o que irá acontecer no último livro. Tendo sempre a não gostar dos finais. Mas espero que Lindsay não me decepcione. Você já assistiu a série televisiva de Dexter? Dizem que há muitas divergências e que quem já assistiu tem apenas poucos spoillers em relação a série literária.

Quote: " A vida é dura e incerta e às vezes uma pequena vitória tem de bastar."

Compartilhe!

Comente este post!

    Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Dávila Vasconcelos. Tecnologia do Blogger.