Resenha do livro: Dexter é delicioso


  Título Original: Dexter is delicious
  Nome do Autor: Jeff Lindsay
  Número de Páginas: 352
  Editora: Planeta
  Nota Pessoal: 5/5


    Sinopse:
A vida organizada de Dexter Morgan é desestabilizada pela chegada de sua primeira filha. Pela primeira vez ele sente que tem força suficiente para sufocar os desejos de seu Passageiro Sombrio, a voz que sempre sussurra dentro de sua cabeça, escolhendo novas vítimas e guiando Dexter em suas empreitadas perigosas. Ao mesmo tempo, ele é convocado para investigar o desaparecimento de uma menina de 17 anos, Samantha Aldovar, que faz parte de um grupo gótico em que os indivíduos se declaram vampiros. Conforme chega mais perto da verdade, com a ajuda de sua irmã Deborah, ele percebe que está lidando com algo muito mais sombrio do que um simples clube de adolescentes fãs de Crepúsculo... Os raptores de Samantha querem muito mais do que sangue… e estão especialmente interessados em Dexter.

    Esse foi o primeiro livro da série que realmente gostei. A estória vai ficando cada vez mais envolvente, a vida pessoal de Dexter começa a ficar mais presente e também é um dos mais engraçados. Ok ele já estava criando os filhos da Rita, mas agora é a sua própria filha, uma parte dele. Vai tentar ai máximo esquecer o seu lado sombrio pois sua filhinha merece algo melhor, ela é tão pura...
      E além disso ainda há o novo caso, que é bem bizarro e foi isso que chamou minha atenção, não conseguia largar o livro querendo saber o que iria acontecer em seguida. E sobre a vítima, Samantha, podemos dizer que não tem um juízo muito bom rsrs.
       Lindsay me surpreendeu muito nessa obra, até mesmo com o nome que além de ser bem peculiar, atiça a imaginação do leitor.

Quote: " - Merda - Falou ela, e pensei se deveria estapeá-la. - Meu Deus, Dexter, por favor, o que devo falar?
- Qualquer coisa menos "merda" - Respondi."

Compartilhe!

Comente este post!

    Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Dávila Vasconcelos. Tecnologia do Blogger.