Resenha do livro: O menino do pijama listrado


 Título Original: The Boy in the Striped Pyjamas
 Nome do Autor: John Boyne
 Número de páginas: 186
 Editora: Companhia das Letras
 Nota pessoal: 5/5

    Bruno, tem nove anos e mora em Berlim na época que estava ocorrendo a Segunda Guerra Mundial. Mas, com sua inocência de criança, não sabe o que está acontecendo no mundo. Quando chega em casa, da escola, vê a empregada ajeitando suas malas e pergunta a mãe o que está acontecendo. É informado que irão mudar de casa, irão morar no campo por causa do trabalho de seu pai -ele é um homem de confiança de Hitler, que no livro é referido como O Fúria.
   Quando chegam na nova casa, Bruno fica triste por não ter nenhuma criança para brincar - sua irmã está entrando na fase da adolescência e não quer mais brincar com ele. Além de seus pais e de alguns soldados, vê, ao longe, várias pessoas estranhas que sempre usam pijamas listrados e que ficam do outro lado da cerca.
    Em uma de suas expedições ao redor da cerca, encontra um garoto que está do outro lado e descobre que ambos nasceram no  mesmo dia, seu nome é Shmuel - um judeu. Logo ficam amigos e sempre que pode, Bruno visita-o.

     Adoro livros relacionados a Segunda Guerra Mundial, leio sempre que posso. Nesse livro, Boyne mostra-nos os campos de concentração, como funcionavam e o que acontecia com os judeus que lá eram presos. É uma estória muito envolvente e de fácil leitura. Mostra o mundo na perspectiva de duas  crianças que viviam durante a grande Segunda Guerra. Um judeu e um alemão que conseguem ficar amigos, contrariando a realidade da época.


 Quote:" Temos que procurar fazer o melhor de uma situação ruim."

Compartilhe!

Comente este post!

    Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Dávila Vasconcelos. Tecnologia do Blogger.