Resenha do livro: Harry Potter e as Relíquias da Morte


Título Original: Harry Potter and the Deatly Hallows
Nome da Autora: J.K.Rowling
Número de páginas: 590
Editora: Rocco
Nota pessoal: 5/5


     Todo bruxo tem um rastreador que para de funcionar aos 17 anos. Harry será transferido pela Ordem para a Toca, seus tios serão transferidos, para um lugar seguro. Quando sair de casa, lá não será mais um lugar seguro para ele. Depois de poucos dias que chegarem lá, terá o casamento de Gui com Fleur. O Ministro da Magia aparece para prestar o testamento de Dumbledore.
    Durante a festa do casamento são informados que o Ministério foi tomado e todos tentam fugir para um lugar seguro. Harry, Rony e Hermione vão à procura das Horcurx e, durante a busca, descobrem o que são as Relíquias da Morte e como elas são necessárias para Você-Sabe-Quem.
     Mesmo com tudo que está acontecendo, Hogwarts funciona, agora com Snape como Diretor e Amico Carrow como professor das Artes das Trevas...
     A Batalha acontecerá, muitas mortes ocorrerão para livrar o mundo do Lord das Trevas - seu nome está azarado e quem o falar receberá uma visitinha dos Comensais da Morte. Muitas coisas irão acontecer nesse ano. A Batalha Final... gente eu chorei demais com esse livro. Tia Jô sempre consegue isso de mim, desde o quarto livro eu choro. E o Duelo final irá acontecer. Somente Harry e Voldemort.
    Pode ser o último livro da Saga mas no coração dos fãs a saga nunca acabará. Como tia Jô disse, toda vez que sentirmos saudades poderemos pegar o livro e lê-lo novamente que Hogwarts estará de portas abertas nos esperando. Joane Rowling sempre será minha escritora favorita, sem ela meu mundo estaria triste como se um Dementador estivesse por perto...

    Harry ensinou-me a valorizar as amizades e a família. Ensinou-me a ser corajosa mesmo diante de grandes dificuldades. Ensinou-me a ser fiel. Harry Potter é a saga mais pura que li até hoje, crianças, jovens e adultos todos podem ler e se apaixonar.

Quote: "-Depois de todo esse tempo?
               - Sempre."

Compartilhe!

Comente este post!

    Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Dávila Vasconcelos. Tecnologia do Blogger.