Resenha do livro: Se eu ficar


  


  Título Original: If I stay
  Nome da Autora: Gayle Forman
  Número de Páginas: 224
  Editora: Novo Conceito
  Nota Pessoal: 5/5


    A personagem principal é Mia, uma ótima violoncelista. Fato que é um tanto irônico , pois sua família é formada praticamente por roqueiros, punks. Seu pai fazia parte de uma banda de rock até o irmão de Mia nascer, quando ele decidiu largar tudo e virar um homem responsável. Ela sempre era levada ao shows, mas quando viu um violoncelo, foi amor à primeira vista. Sua família é bem moderna, pais descolados e um irmão amado, Teddy, para o qual ela lê todo dia um capítulo de Harry Potter, antes de dormir. E partilha com eles,  e com Adam, sua paixão pela música.
    Ela é daquele tipo de garota reservada, tímida, até Adam percebê-la. Ele a vê ensaindo e fica encantado com o talento dela. Ele faz parte de uma banda em ascensão. Adam chama-a para um concerto e o romance entra em cena.
    Tudo vai indo bem até que acontece o acidente com Mia e sua família. Uma hora ela está no carro indo visitar alguns amigos, e na outra está no asfalto. Vê os corpos de seus pais no chão e até mesmo o seu, fica sem entender o que está acontecendo. Ninguém a ouve, ninguém a vê.
    Em um outro momento, vê-se numa sala de operações e  começa a compreender tudo. Observa seus familiares e amigos chegando e permanece preocupada com o estado de seus pais e de seu irmãozinho.
    Três pessoas são importantes no auxílio da Grande Decisão: Adam, a enfermeira Ramirez e seu avô.


    O livro tem um enredo magnífico, que me prendeu do início ao fim. As lembranças de Mia fizeram-me rir e chorar. A estória é um caixinha de surpresas e também nos faz refletir sobre o valor que damos às pessoas que fazem parte da nossa vida. Super indico! Estou bastante ansiosa para ler a continuação.
   Um fato a ser explorado na capa é o símbolo de interrogação que é formado com algumas lembranças dela. Na estória, ela revive tudo para enfim se decidir. Alguns das cenas são do passado, outras do presente.


Quote: "Por favor, Mia - implora. - Não me faça escrever uma música."

Compartilhe!

Deixe seu comentário!

2 comentários:

Dávila Vasconcelos. Tecnologia do Blogger.