Resenha do livro: O mundo de Sofia


  Título Original: Sofies verden
  Nome do Autor: Jostein Gaarder
  Número de Páginas: 494
  Editora: Companhia das Letras
  Nota Pessoal: 5/5

Sinopse:
Às vésperas de seu aniversário de quinze anos, Sofia Amundsen começa a receber bilhetes e cartões-postais bastante estranhos. Os bilhetes são anônimos e perguntam a Sofia quem é ela e de onde vem o mundo. Os postais são enviados do Líbano, por um major desconhecido, para uma certa Hilde Møller Knag, garota a quem Sofia também não conhece.
O mistério dos bilhetes e dos postais é o ponto de partida deste romance fascinante, que vem conquistando milhões de leitores em todos os países e já vendeu mais de 1 milhão de exemplares só no Brasil. De capítulo em capítulo, de “lição” em “lição”, o leitor é convidado a percorrer toda a história da filosofia ocidental, ao mesmo tempo que se vê envolvido por um thriller que toma um rumo surpreendente.


    Tudo acontece com Sofia Amudesen, que nas vésperas de seus 15 anos,  pega uma cartinha com seu nome no destinatário na caixa de correio, apenas com uma pergunta. Ela continua recebendo esses bilhetes, mas na terceira vez, além da carta, veio um cartão-postal destinado a Hilde, que Sofia nem imaginava quem poderia ser, mas descobre que Hilde faz aniversário no mesmo dia que ela e que também faria 15 anos, através dos cartões postais enviados pelo seu pai que está na guerra. 
   Sofia passa a receber frequentemente cartas e logo elas viram curso de filosofia, sobre os grandes pensadores da humanidade, conhecendo não apenas a vida deles e suas teorias, mas também entendendo melhor a si mesmo e aprendendo a pensar de forma diferente sobre tudo que está ao nosso redor, que são enviados por um homem chamado Alberto Knox.
    A Base desse livro é a filosofia, a metodologia da orientação que o escritor colocou nessa matéria (que não é nada fácil) para uma menina de 14 anos, fiquei muito impressionada, pois Sofia realmente se envolvia com o aprendizado. Nunca pensei que iria lê - lo, mais tive a curiosidade por indicação.

Quote: "Não é possível imaginar que existimos sem imaginar que um dia vamos morrer. Da mesma forma, é impossível imaginar que não morreremos sem ao mesmo tempo pensar o quão fantástica e única é a vida." (págs 7-8)



Resenha enviada pela leitora Amanda Ariele Carvalho, referente a dinâmica do Bingo Literário proposta pelo Blog Parceiro  Leitores Insanos. Categoria: livro com temática filosófica

Compartilhe!

Comente este post!

    Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Dávila Vasconcelos. Tecnologia do Blogger.