Resenha do livro: Um corpo na biblioteca


  Título Original: The body in the library
  Nome da Autora: Agatha Christie
  Número de Páginas: 180
  Editora: Nova Fronteira
  Nota Pessoal: 4/5

Sinopse:
O corpo de uma jovem é encontrado no tapete da biblioteca dos Bantry, às sete da manhã. A vítima é uma completa desconhecida e o casal Bantry decide chamar as autoridades para investigar o caso — e também, é claro, Miss Marple, detetive amadora e amiga da sra. Bantry.
Tudo se complica ainda mais quando chega até eles a notícia de outra adolescente morta, carbonizada dentro de um carro incendiado em uma pedreira. Qual será a possível conexão entre os dois incidentes?

       Esse foi o primeiro livro da Agatha que li e confesso que esperei bem mais de sua escrita, já que muita gente a idolatra. A estória não me prendeu tanto, ao ponto de eu parar a leitura no meio de um capítulo, quem me conhece sabe que raramente faço isso de bom grado...
    A trama envolve aldeões, pessoas ricas, artistas... Uma grande variedade de esferas, fato que deixa-a interessante e com muitos suspeitos. É um livro pequeno, leitura não tão simples se a pessoa não tiver um certo conhecimento, mas tem-se que levar em conta a época em que a autora viveu. 
    A estória em si é boa, um assassinato de uma moça loira que foi encontrada dentro de uma biblioteca... Como os próprios personagens dizem, "coisa de cinema".  O meu primeiro suspeito foi realmente o assassino, uma coisa que me deixou chateada. Foi um caso prático de ser resolvido.
    Miss Marple, mesmo como uma amadora, foi uma dos principais personagens e com certeza a minha favorita. Não desencorajo ninguém a lê-lo, acho que estou tão acostumada com certos contos policiais que muitos não me chamam atenção, como esse. Mas vi muitas pessoas comentando que essa não é uma das melhores obras da Agatha, então vou dar-lhe uma segunda chance de me surpreender.

Quote: "Miss Marple meneou a cabeça tristemente.
- A natureza humana é sempre a mesma em toda parte, Sir Henry." (pág. 91)

Compartilhe!

Comente este post!

    Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Dávila Vasconcelos. Tecnologia do Blogger.