Resenha do livro: O colecionador de ossos


  Título Original: The bone collector
  Nome do Autor: Jeffery Deaver
  Número de Páginas: 462
  Editora: BestBolso
  Nota Pessoal: 5/5



  Sinopse:
    Criminologista brilhante, Lincoln Rhyme é um gênio da investigação médica forense. No entanto, sua carreita é interrompida por um terrível acidente, que o deixa tetraplégico. Mas mesmo completamente arrasado física e emocionalmente, ele acaba se defrontando com o maior caso da sua vida: um assassino diabólico que ataca vítimas inocentes nas ruas de Nova York.
   Rhyme é o único que pode detê-lo, mas para isso terá de colocar todos seus conhecimentos à prova. Para ajudá-lo, ele conta com a bela detetive de polícia Amélia Sachs, que o ajuda a desvendar um labirinto de pistas para tentar evitar o próximo crime hediondo do Colecionador de Ossos. A corrida contra o relógio transforma-se em uma batalha de inteligência à medida que Rhyme penetra, passo a passo, na mente do louco.

    Amélia está em seu último dia do trabalho na radiopatrulha e depara-se com um corpo enterrado (com somente uma das mãos do lado de fora) e decide isolar a área e, graças a essa iniciativa, perde a chance de conseguir o cargo administrativo solicitado. 
   Rhyme é tetraplégico e é considerado como um dos melhores criminalistas de Nova York, ficou nessas condições quando estava em uma cena de crime. Ele é um suicida em potencial, e para o tentar fazer mudar, um grande companheiro do passado o traz para essa investigação, e ele a contra gosto acaba aceitando.
   Juntos, irão formar uma ótima dupla de profissionais, mas isso não quer dizer que irão se dar muito bem. Ela está submissa as ordens dele e, muitas vezes a contra gosto, tem que seguir tudo que ele manda-a fazer. Os casos vão ficando mais sinistros, o tempo vai diminuindo. Mas Rhyme está conseguindo decifrar a mente do seu criminoso, graças, é claro, a uma equipe disponibilizada e a um laboratório improvisado em seu próprio quarto.
    Esse com certeza está na minha lista de livros policiais favoritos! A estória é bastante envolvente, e você fica tão concentrada querendo descobrir mais sobre o Elemento Desconhecido 238 que não percebe as horas passando e outro fator que fez eu adorar o livro foi os detalhamentos que o Jeffery trouxe, principalmente nas horas dos processamentos das cenas. Fiquei realmente muito envolvida com essa obra, então, por isso, aconselho a leitura dela a todos! Já o filme... Não gostei muito. Há trocas de personagens, muita coisa que eu gostei  não tem no filme porém dá para entender a estória. Mas não aconselho a assistirem, foi uma decepção para mim.

Quote: "Não, não estou pensando em escrever mais livros. Meu próximo grande projeto consiste em me suicidar. É um grande desafio. Nos últimos seis meses, ando à procura de alguém que me ajude a fazer isso.”

Compartilhe!

Comente este post!

    Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Dávila Vasconcelos. Tecnologia do Blogger.